terça-feira, 11 de outubro de 2011

ALGUNS DESAFIOS QUE A MULHER DIVORCIADA ENFRENTA



Vou falar de alguns desafios que a mulher divorciada enfrenta.
De uns tempos pra ca, eu ando mais pensativa... Nao estou filosofando, nem sou Psicologa ou Sociologa. Sempre digo isso aqui no Blog. Mas talvez, por eu ja ter passado dos 40 (este mes eu completo 42 anos!!!), a gente vai vivendo experiencias, adquirindo maturidade, aprendendo a lidar com algumas situacoes, vendo as coisas com mais tolerancia, enfim...

Infelizmente, pouquissimas sao as pessoas que enxergam o lado daquele que esta divorciado. Alias, somente os que passam pela experiencia, podem entender o sofrimento, a dor, o medo, a angustia, a tristeza, a solidao, que um divorciado ou divorciada enfrenta. As dificuldaddes da "mae solteira" sao semelhantes, mas quando se houve um casamento, "com tudo o que se tem direito": noivado, festa, vestido de noiva, bolo, fotografias, filmagem, convidados, presentes e lua-de-mel, filhos", a dor da separacao e' maior. Como dizem os "profissionais", o divorcio e' mais doloroso do que quando se perde o marido (ou esposa) na morte.
O divorcio e' a quebra de votos, o final de um sonho (e sonhos), e os fihos tambem, sao afetados.

Nao por ordem, especificamente, mas sao alguns desafios enfrentados por estas valentes, corajosas mulheres:

1. DISCRIMINAÇÃO
O "Moderno Dicionario da Lingua Portuguesa Michaellis" define "discriminacao" da seguinte forma: atitude emocionalmente condicionada, baseada em crenca ou opiniao ou generalizacao, determinando simpatia ou antipatia para com individuos ou grupo".
O Dicionario Priberam da Lingua Portuguesa diz: "Tratamento desigual ou injusto dado a uma pessoa ou grupo, com base em preconceitos de alguma ordem".
A mulher divorciada, muitas vezes, SIM, e' discriminada. Em qualquer lugar. Ate nas igrejas, ainda que "despropositadamente"... (Sera???)
Elas sao, as vezes, ate marginalizadas. Na classe da EBD, por exemplo, eles tem classe dos "casados e solteiros". E os "descasados"??? Onde se "encaixam"?
A discriminacao vem de diversas formas: fofocas, mentiras, inveja, etc.
Nao e' facil pra uma mulher, mae de filhos, ter que enfrentar preconceito e discriminacao. Este e' um desafio que ela tem que aprender a lidar com ele.
Nao e' impossivel, pois quando se conhece a Jesus e tem a Ele como seu Salvador, Ele e' o Amigo dos necessitados.
Ele veio exatamente para os doentes (inclusive para os doentes da alma), veio para os pobres, para o pecador.
Ainda que alguem considere o divorcio um pecado, nao e' um pecado que Jesus nao perdoe! Nao e' plano, nem vontade de Deus, que uma familia se desfaca, mas Ele ama o pecador, Ele ama a mulher e o homem, assim como Ele ama as criancas desse ex-casamento tambem!
Se nos nao conhecermos a Deus, podemos nos deixar ser envolvidos pela discriminacao, preconceito e falta de amor, que nos rodeiam!

2. SOLIDÃO
So a pessoa que chega em casa, apos o longo dia de trabalho, e esta sozinha em casa, apos ter vivido uma vida a dois, sabe o que e' solidao. Nao ter ninguem pra conversar, pra comentar sobre um programa, sobre a novela, e ate pra "brigar" (no bom sentido... Rsrs!)
Vai discutir um assunto com quem??? Sabe com quem? Com as paredes!
Existem pessoas que dizem que "sao casadas, e sao solitarias do mesmo jeito", eu entendo muito bem! Believe me! Mas mesmo assim, a solidao e' um dos maiores males e gigantes que um divorciado pode enfrentar.
Todo mundo que voce conhece esta em casa a noite, com a familia, jantando, assistindo TV, arrumando uma coisa aqui e ali, e voce esta sozinha... Falando com as panelas, com as paredes, ouvindo o silencio! Sabe o que e' "ouvir o silencio"???

3. DIFICULDADE FINANCEIRA
A "guerra" entre um casal divorciado,a menos que o(a) "ex" seja um(a) santo(a)", e' o dinheiro! Aqueles que um dia se amaram, hoje sao inimigos!
Se ela nao trabalhava fora antes cuidando so da casa, ela se encontra agora, sem preparo profissional, tendo que enfrentar o desconhecido e a vida la fora!
A mulher divorciada enfrenta um desfalque financeiro, comparado com a vida de casada que ela tinha, de pelo menos 30% a menos! E isso faz uma tremenda diferenca!
Os filhos querem um tenis, uma roupa, um brinquedo, ela nao pode dar. Nao que ela nao queria, mas ela nao pode! Isso parte o coracao da mae!
A "guerra" esta travada com o pai, que por mandar o cheque da pensao, acha que ja "cumpriu com sua obrigacao" e qualquer coisa que passa dai, ele interpreta que ela (a ex...) esta querendo comer o dinheiro dele!
O pior de tudo e' quando essas palavras sao dirigidas aos filhos: "O que mais que sua mae quer???"

Ela se esforca, fazendo "milagres" pra poder sobreviver! Muitas delas trabalham em dois empregos, deixam os filhos sozinhos em casa, pra poder tentar ganhar um dinheirinho extra!
O pai, por sua vez, ainda que tenha "duas casas pra sustentar" (two households), ele ainda consegue ir pra Academia de Ginastica!... Ironico, nao e!!!

4. CANSAÇO FÍSICO E MENTAL
Depois de ter que levar filhos pra escola ou "babysitter", trabalhar o dia inteiro para o sustento da casa, ao voltar pra casa, ela tem que continuar o "trabalho". Os filhos precisam dela, independente da idade, tanto o baby quanto o adolescente. Existem roupas a serem lavadas, dobradas, passadas e guardadas. Existem loucas para serem lavadas, existe comida pra ser feita, existem "homeworks" para serem feitos, os quais, ela precisa ajudar os filhos, ou supervisiona-los.
Existe casa pra ser limpa, banheiro pra ser lavado.
Existem filhos que querem conversar com ela, que querem seu abraco e seu beijo. Existem os filhos que querem ir ao cinema com os amigos, ou ir passear no "Mall", existem festas de aniversarios pra leva-los, existem reunioes nas escolas pra serem atendidas, existem consultas medicas...
No final do dia, nao resta mais nada, so o "caco"! Ela se olha no espelho e se ve cansada e feia! As vezes, sente-se como um lixo!
Nao se tem pais por perto, familia, mal se tem amigos... "Amigos"???
Nossa, a lista das tarefas de uma mae sao interminaveis! Ela so para la pras 11 da noite, porque nao tem mais jeito... Algumas coisas ficam para o dia seguinte, ou para o mes seguinte... Ou entao... Nem sao feitas!
HELLO!!! Quem faz isso??? ELA, A MAE, A MULHER DIVORCIADA! A MÃE SOLTEIRA!

Queridas, essa vida nao e' facil!
Mas sabe onde e como encontrar renovo? Em Jesus!
Primeiro, Ele te entende, te ama, ainda que voce seja imperfeita e cheia de defeitos! Ele entende seu cansaco fisico, mental e espiritual. Ele entende sua dor, sua solidao, sua dificuldade financeira!
Ele entende ate quando voce esta na TPM!
Em segundo lugar, e' bom sabermos e relembrarmos a nos mesmos, que na Palavra de Deus, e so NELA, encontraremos resposta para nossas perguntas, renovo para nossa alma, conforto e consolo para nossas angustias!
Olhar pra Ele O TEMPO TODO e' o remedio, nao paliativo, mas definitivo, para o que voce enfrenta no seu dia a dia.
Amanha, quando voce levantar de novo, e lembrar que voce tem 500 milhoes de coisas pra fazer, lembre-se tambem, de que voce tem Jesus!

Ah! Outra coisa que eu ja ia quase esquecendo...
VOCE TEM SEUS FILHOS. Ainda que daqui a alguns anos eles se vao... (para o College, ou para o casamento), VOCE TEM SEUS FILHOS.
O pai deles, nao! Eles dao trabalho? Claro! Mas e' um trabalho recompensador e prazeiroso! Ate quando o filho adolecente te faz "raiva" e voce quase morre do coracao de nervoso, e' esse filho adolescente (ou nao adolescente) que esta perto de voce, que te abraca, te beija, e te diz: "I love you, mom"!

Beijos, queridas! Lembrem-se de outra coisinha importantissima: "Em Cristo, somos mais que vencedoras"!

por LÍDIA DE ASSIS

5 comentários:

  1. Aleluia ,como fiquei feliz lendo esse artigo uma cabeça pensante vc.Sério eu tenho uma revolta em relaçãoa esse assunto ,Sou divorciada e pior Eu sofro as consequencias de ter sido traida por um marido adultero costumaz.Milhares de triçoes infermidades DST ,humilhaçoes, despreso,crueldade e divorcio,ai tuchega na sua igreja td ruim td arebentada ainda tem que enfrentar o preconceito do pastor e dos membros.qnd eu era casada , tds me consideravam ,divorciei nunca me chamavam pra nada.Tinha uma filha de 1 ano ,faziam festa de criança na igreja e eu era a unica que não convidavam.eu não podia mais nada nda mesmo na igreja minha presença incomodava do pastor aos irmãos,Sai da igreja e tds estão felizes, Inclusive Eu por ficar longe de gente desse tipo.

    ResponderExcluir
  2. Aleluia ,como fiquei feliz lendo esse artigo uma cabeça pensante vc.Sério eu tenho uma revolta em relaçãoa esse assunto ,Sou divorciada e pior Eu sofro as consequencias de ter sido traida por um marido adultero costumaz.Milhares de triçoes infermidades DST ,humilhaçoes, despreso,crueldade e divorcio,ai tuchega na sua igreja td ruim td arebentada ainda tem que enfrentar o preconceito do pastor e dos membros.qnd eu era casada , tds me consideravam ,divorciei nunca me chamavam pra nada.Tinha uma filha de 1 ano ,faziam festa de criança na igreja e eu era a unica que não convidavam.eu não podia mais nada nda mesmo na igreja minha presença incomodava do pastor aos irmãos,Sai da igreja e tds estão felizes, Inclusive Eu por ficar longe de gente desse tipo.

    ResponderExcluir
  3. Foi forte! Precisava dessa mensagem só sei o preconceito que passo por ser uma mulher divorciada

    ResponderExcluir
  4. Nossa que benção adorei ,é exatamente como eu me sinto sou divorciada e tenho uma linda filha de 2anos e me separei quando ela tinha apenas 2meses.Ainda existe muito prenconceito dentro e fora da igreja.

    ResponderExcluir
  5. É. Incrivel a descricao perfeita q tracou de como e a vida de uma divorciada..nunca pensei q eu fosse passar por essa condicao. Mas ela r fato. A vida nao tem sido facil.ms tenho essa esperanca: nao estamos sozinhas Deus nos capacitara a conduzir este barco..

    ResponderExcluir