sábado, 2 de abril de 2011

Os dez mandamentos do “twitteiro” cristão


As redes sociais são, cada vez mais, uma realidade mundial. Os profissionais, homens públicos, pessoas comuns, empresas, entidades privadas ou públicas, enfim, o mundo não pode mais ignorar o poder do Twitter, Facebook, Orkut, etc.

Os pastores, conferencistas, líderes cristãos e as igrejas já descobriram que ignorar ou desfazer desse fantástico meio de comunicação, além de uma atitude antiquada, é também omissão. Que, segundo a Bíblia, é pecado.

Como ignorar um público tão diversificado e complexo que, usando da espontaneidade que as redes sociais afloram, nos permitem ver pessoas com os mais diferentes – alguns terríveis - pensamentos e sentimentos?

Tenho acompanhado alguns líderes cristãos que, com o seu exemplo de vida – o aspecto que prevalece sobre os demais – tem-se utilizado principalmente do Twitter para divulgar o Evangelho de Cristo. São exemplos para nós os amados Augustus Lopes (@augustuslopes), Ciro Zibordi (@CiroZibordi) e Geremias do Couto (@pastorgeremias) entre tantos.

Vejo também cristãos – alguns conhecidos, até próximos – que, utilizando-se desses meios, em vez de serem “twinfluenciadores”, “twitteiros que influenciam outrem”, são “twinfluenciados”.

Por que mudar o meu linguajar, para fazer parte de essa ou aquela “tribo”? Por que ser um personagem – e não eu mesmo – ao “twittar”? Ou será que o “personagem” já tomou o seu lugar?

A quem age assim e a todos nós, os “dez mandamentos do twitteiro cristão:”

1- Não twitarás a outros deuses diante de Deus.
Há cristãos que, em momento algum, usam o twitter para exaltar o nome do Senhor. Todos os “deuses” (cantores, jogadores, políticos) são exaltados, exceto o Senhor.

2 – Não colocarás imagens dos seus ídolos – sejam de escultura ou pop – em seu profile.
Está descontente com a face que o Senhor te deu ou se acha tão inferior que não consegue mostrar o rosto? Idolatra tanto aquele cantor que não consegue se desvencilhar dele? “Só ao Senhor, teu Deus, adorarás, e só a Ele servirás.”

3 – Não twitarás o nome do Senhor, teu Deus, e depois uma hashtag (#) com um palavrão ou comentário obsceno.
Primeiro, um versículo; depois, um comentário cristão, na maioria das vezes copiado, sem citar a fonte. Por fim, retwita uma hashtag com um tremendo palavrão.

4 – Lembra-te que todos os dias são santos, inclusive a hora de twittar.
Não é apenas na igreja, que devemos a nossa devoção a Deus. Às vezes, em momentos despretensiosos, de lazer, o Senhor quer utilizar-se de nós.

5 – Honra a teu pai e a tua mãe. Inclusive no Twitter.
Frases do tipo: “Por um triz, não mando a minha mãe...”, “Vc também tem uma mãe chata como a minha?” e, pasmem, “Só não mato ela, porque é minha mãe” são comuns no Twitter. A última eu li e guardei. Será que são cristãos, que não perdem uma missa ou um culto?

6 – Não matarás ou desejarás matar usando o Twitter.
Nunca deseje matar, em hipótese alguma. Muito menos, expor sentimentos violentos, preconceituosos, bárbaros, que estimulem afrontas, brigas, através de um meio que você pode informar, divertir e divulgar o Evangelho de Cristo.

7 – Não adulterarás.
Não use o Twitter com fins sexuais. Não crie uma conta, pensando em exposição que renda frutos sexuais ou afins. Quem te segue, te vê. “E se for DM (Mensagens diretas)?” Deus vê.

8 – Não furtarás dinheiro, bens, ou senhas da internet.
Não é apenas dinheiro ou bens que não devemos roubar. Senhas de internet, entrar em profiles alheios, também não é lícito.

9 – Não difamarás o teu próximo, usando DM ou perfis falsos.
De maneira alguma, difamarás. Criar um perfil falso, para caluniar quem quer que seja, está muito distante da vontade de Deus.

10 – Não cobiçarás coisa alguma do teu próximo, como a mulher, os bens e o número de seguidores.
Esqueça o sucesso de outrem, a beleza da mulher do outro e o número de seguidores. “Como conseguiu tantos seguidores e tão rápido?”. Preocupe-se em divulgar as boas novas.

Lembre-se desses e nunca esqueça o primeiro de todos os mandamentos: “Amarás, pois, ao Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças. Amarás o teu próximo como a ti mesmo.”

Em tudo o que fizer, “não há outro mandamento maior do que estes.”

www.twitter.com/emmanuelqueiroz

Emmanuel Queiroz

http://emmanuelqueiroz.blogspot.com/

Um comentário: