segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

DOUTOR JOSÉ FERREIRA




  Para mim foi uma tristeza não ter conhecido essa pessoa, José Correia Ferreira, doutor José Ferreira. Segundo filho do casal Antonio Ferreira e Metilde Correia, ele nascido em 31/12/1913 às 23h45min na cidade de Várzea Alegre no Ceará. Zé Ferreira era um homem espirituoso, brincalhão e também muito caridoso, ele quando adulto tornou-se o segundo médico formado de sua cidade, primeiro tinha sido seu tio Doutor Leandro Correia.
  Depois de formado em Recife, foi clinicar em Várzea Alegre, passou alguns anos, depois se mudou para Fortaleza, de lá partira para Olinda em Pernambuco aonde fixou residência ficando até seu falecimento, aos 78 anos de idade. Nesse ano se vivo fosse, estaria completando cem anos de vida, sei que sua terra não irá festejar porque ele construiu a sua vida médica e literária em outro estado, no estado de Pernambuco, mas que demonstrou todo o seu amor por Várzea Alegre e por sua família, em seu festejado livro “Várzea Alegre, minha terra minha gente”. O que fez sua cidade natal não lhe esquecer por completo.
  Doutor José Ferreira casado com a senhora Maria José Travassos Sarinho, onde com ela teve quatro filhos, Célia Maria, Metilde Maria, Roberto e Ana Maria. Zé Ferreira para quem conheceu a sua literatura pode sentir a facilidade com que se expressava, nos fazendo curtir uma literatura gostosa e porque não prazerosa? Dois mil e treze, há cem anos vinha ao mundo esse médico que com seu carisma, conquistava a todos que o conhecia, todos os anos ele ia a sua cidade natal, rever parentes e amigos conterrâneos, mas estando por lá, não deixava de consultar, aquela gente desprovida de poderes aquisitivos. Zé era uma pessoa muito brincalhona, que o fazia ser a alegria nas rodas de amigos. Mas também era um homem caseiro, que colocava sua família em primeiro lugar.
  Hoje eu sou um admirador da pessoa do Doutor José Ferreira, e vou guardar essa frustração em meu coração por não ter conhecido o Doutor José Ferreira, mas seus livros para mim são de leituras obrigatórias, pois é prazeroso ler o que ele escreveu. É isso doutor José Ferreira, sua missão aqui na terra foi cumprida e seus familiares rememoram seu centenário nesse ano de 2013 que ora se inicia.

Israel Batista

Nenhum comentário:

Postar um comentário