sábado, 26 de março de 2011

Palais Magique


Mito emblemático
Palácio majestoso, inalcançável
De tuas janelas, mutilantes
Um sonho impulsionante advindo
Colossal fronte de histórias enrustida
Busto altivo, bravos olhos que guardam
Jovens de conhecimento sobre-humano
Que escrevem os calendários
E salvam vidas como deuses!

Mito de outrora
Palácio familiar, que ensina
De tuas janelas famintas
Como me desgarrar?
Viva fronte de histórias ensandecida
Busto gentil, que recepciona com graça
Jovens de conhecimento sequiosos
Que passam pelos calendários
Deus, como é linda a vida!

Hilário Francelino

http://hilariopoesias.blogspot.com

Um comentário:

  1. Grande amigo, essa eu fiz para a Faculdade de Medicina. Abraços,
    Hilário

    ResponderExcluir