segunda-feira, 19 de setembro de 2011

SOLIDÃO DISTANTE?


O dia passa lentamente e eu não consigo tirar você do pensamento. Sofro com esta separação, e agora a distância entre eu e você aumentou muito, vai machucar o meu peito. Procuro de alguma forma algo para preencher esta lacuna deixada por você e não encontro, sei que este tormento terá que passar.
Por eu ser brincalhão, por ser pobre, feio ou qualquer coisa assim, deve ser o motivo por você não me querer, mas o futuro vei aí cheio de mistérios, se precisares de mim, dos meus carinhos, meus beijos, do eu inefável amor, saiba que hoje te darei o meu amor, mas o amanhã é escuro e quando clarear, pode ser que você já não faça mais parte desta minha vida. Mas gostaria que soubesse que eu a perdoou por tudo e desejo-lhe muitas felicidades em sua nova vida, eu nesta distância tão enorme, vou buscando um remédio para esta ferida que esta machucando o meu coração, quando esta ferida cicatrizar, estarei buscando sorri pra vida que ainda não morreu, e sim eu estou morrendo pra ela. Quem sabe nesta distância eu esteja caminhando em busca do meu futuro que não tinha quando estava aí contigo?

Israel Batista

*Texto meu escrito em 02/03/1999 na cidade de Osasco - São Paulo tava perdido encontrei achei interessante e postarei pra que todos conheçam.

Um comentário:

  1. Já estou seguindo seu blog pelo Google friend conect, tem um belo conteúdo, convido a conhecer meu blog: http://profeciasoapiceem2036.blogspot.com/ e também seguir-me pelo Google friend. Abraço

    ResponderExcluir